The Mask You Live In


Ouvi falar de The Mask You Live In pela primeira vez em um vídeo no YouTube e ele foi tão bem recomendado que logo entrou para a lista de prioridades.
O filme é um documentário que discute sobre um modelo de homem que é tóxico tanto para eles próprios quanto para a sociedade. Durante o filme você pode acompanhar garotos e jovens adultos que contam sobre como é difícil viver e ser você mesmo nesse mundo que espera um determinado comportamento deles, os obrigando sempre a seguir o padrão de masculinidade que a sociedade definiu por gerações. 

Veja o trailer: 




Apesar do filme focar na sociedade americana ele é muito abrangente e de cara podemos ver homens que conhecemos representados ali naquelas falas. Num primeiro momento pode parecer que o filme é só sobre os homens ou que fala sobre como é difícil ser homem, mas não é sobre isso. O documentário é sobre os males da sociedade patriarcal como é na qual é esperado que o homem seja agressivo, dominador, pouco emocional e um perigo se contrariado. Existem muitas falas, inclusive de especialistas, sobre como todo esse conjunto de comportamentos é prejudicial para mulheres e para sociedade em geral.

Em resumo, é um filme necessário. Um filme que mostra como o machismo e tudo que ele representa não é só prejudicial e perigoso para as mulheres, mas também o é para os próprios homens.



O filme pode ser assistido no Netflix e AQUI.



Mais que recomendado. ;) 


Você já viu? O que achou?


*

10 comentários:

  1. Oi Ludmila, vou colocar este na minha lista agora!!
    Acredito ser de extrema importância discutir papéis de gênero, porque o patriarcado impõe como devem se comportar homens e mulheres, quando na verdade não deveríamos criar nossos garotos e garotas dessa forma! Todos são vítimas. Quando o menino não pode chorar, ou a menina não pode falar alto estamos podando essas crianças.

    Quando eu Assisti "Deveriamos todos ser feministas" eu consegui enxergar que a desculpa de que são questões culturais não cola para sustentar esses comportamentos, porque são as pessoas que fazem a cultura e ela está sempre mudando.

    Gostei muito da proposta do filme e também da sua crítica!

    Um beijo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Aline! Obrigada pelo elogio. <3
      Exato! Nós que fazemos a cultura e temos que pensá-la diariamente para que o que não serve mais seja mudado.

      Não vi "Deveriamos todos ser feministas" e olha só acabamos trocando dicas! Vai pra minha lista esse :D

      Beijos!

      Excluir
    2. Deveríamos todos ser Feministas é uma palestra do TED talkings, eu assisti no YouTube legendado em português, tem cerca de meia hora, mas foi uma meia hora bem aproveitada! O texto da palestra foi publicado como livro também!

      Um beijo!

      Excluir
    3. Nossa sumi do blog em março e só vi agora comentário, mas acabei assistindo faz uns dias esse TED e gostei demais. <3 Acho que vou até postar por aqui. :)

      bjs!

      Excluir
  2. Gostei bastante da dica e esse tipo de filme realmente é importante para nos fazer pensar em nós mesmos, nas pessoas com as quais convivemos e como criamos nossos filhos. Vou procurar no netflix. Obrigada e parabéns pelo post. Muito bem escrito.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada! Espero que goste do filme :)

      Bjs*

      Excluir
  3. Super interessante!!! Vou anotar na minha listinha para assistir!!!

    Ótima dica!! Os homens deveriam todos assistir também!!!

    Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, eles em especial! Estou indicando pra todos que tenho oportunidade...Hehehe.

      Beijos <3

      Excluir
  4. Parece um documentário bem importante. Às vezes eu me sinto muito sortuda porque meus amigos/pai/namorado me respeitam (!!!) e logo em seguida eu acho absurdo que o mero fato de eu ser respeitada me faz com que me sinta privilegiada, porque essa não é a realidade de muitas mulheres. Infelizmente o machismo está muito enraizado na nossa sociedade e é bom abrirmos os olhos para pequenas atitudes também. Boa dica.

    Beijos, Vickawaii
    http://finding-neverland.zip.net

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exato, é uma desconstrução demorada essa do machismo... Bem trabalho de formiguinha mesmo, mas seguimos tentando. Tenho esperança que um dia as coisas mudem. :D

      Beijos!

      Excluir

Tecnologia do Blogger.